Volume 3, número 1


Esta publicação é licenciada pela Creative Commons
(CC BY-NC-SA 3.0)

Volume 3, número 1


Editorial

Educação a Distância

Luciana Branco da Motta

DOI: 10.12957/jbrastele.2014.10229


Artigo Original

Avaliação de Tecnologias Educacionais Digitais para a Formação de Promotores de Saúde em uma Experiência Interprofissional

Ana Claudia Camargo Gonçalves Germani
Alfredo Almeida Pina de Oliveira
Anna Maria Chiesa
Mario Ferreira Junior

DOI: 10.12957/jbrastele.2014.10230

Resumo

Introdução e Objetivo: Descrever e analisar a utilização de recursos didáticos digitais em experiência semipresencial de formação interprofissional em promoção da saúde, com e sem apoio de tutoria.

Material e Método: A população foi constituída por 211 alunos de três edições do Curso “Práticas em Promoção da Saúde” da Faculdade de Medicina da USP. Os recursos, desenvolvidos com softwares livres, foram: blog, grupo de e-mails e palavras-cruzadas, oferecidos igualmente em 2007 e 2008, porém neste último ano associados a um trabalho de tutoria. O impacto na aprendizagem foi avaliado qualitativamente, por meio de grupo focal e quantitativamente, por meio de contadores próprios dos softwares de blog e grupo de e-mails.

Resultados: Maior utilização das tecnologias ao longo do curso, sendo que a tutoria e a proximidade das provas aumentaram a média de visitas ao blog, do número de alunos participantes no grupo de e-mails e do número de mensagens enviadas. A avaliação quali-quantitativa mostrou impacto dos recursos didáticos no domínio do aprender a conhecer.

Conclusões: A utilização do blog e grupo de e-mails aumentou durante o estudo, sobretudo com foco no conteúdo. Por outro lado, a tutoria somada aos recursos didáticos voltados à interação mostraram diferenças significativas nas formas de troca no grupo de e-mails, o que pode ser relacionado com o aprender a conviver.

Palavras-chaves: tecnologia educacional, formação de recursos humanos, promoção da saúde, relações interprofissionais

Abstract

Introdução e Objetivo: To describe and analyze the use of digital learning resources in an experience of interprofessional education in health promotion, with and without support mentoring.

Material e Método: The study population consisted of 211 students from three editions of Course “Practices in Health Promotion “, Faculty of Medicine, USP. Resources, developed with open source software, were: blog, emails based groups and crosswords, all offered in 2007 and 2008, but this last year associated with a mentoring. The impact on learning was assessed qualitatively through focus groups and quantitatively, through the own blog software and groups counters.

Resultados: Increased use of technologies throughout the course and the mentoring and the proximity of assessment increased the average blog visits, the number of students participating in emails based groups and the number of messages sent. The qualitative and quantitative evaluation shows impact of educational resources in the field of learning to know.

Conclusões: The use of the blog and the email based group increased during the study, especially focusing on the content. Moreover, mentoring added to the teaching resources aimed at interaction showed significant differences in the forms of exchange in the group e- mails, which may be related to learn to live together.

Keywords: Educational Technology, Human Resources Formation, Health Promotion, Interprofessional Relations

O Uso de Tecnologias da Informação e Comunicação em Áreas Rurais é Suficiente para a Educação Continuada?

Magda Moura de Almeida
Cláudio Alves de Albuquerque
Victor Rezende Veras
Saulo Herculano de Carvalho
Ivana Daniela César
Luisa Patrícia Fogarolli de Carvalho

DOI: 10.12957/jbrastele.2014.10232

Resumo

Introdução e Objetivo: Esta pesquisa teve o intuito de avaliar o uso das tecnologias de informação e comunicação (TIC) por profissionais de saúde do interior do Ceará.

Material e Método: Estudo transversal, no qual foram aplicados questionários para profissionais de nível superior da Estratégia de Saúde da Família de quatro municípios cearenses vinculados a uma universidade privada pelo internato rural.

Resultados: Estudo transversal, no qual foram aplicados questionários para profissionais de nível superior da Estratégia de Saúde da Família de quatro municípios cearenses vinculados a uma universidade privada pelo internato rural.

Conclusões: Nossos dados apoiam a ideia de que somente o acesso aos recursos tecnológicos não é suficiente. Os dispositivos móveis parecem, no momento, oferecer vantagem de acessibilidade para este grupo.

Palavras-chaves: Telessaúde, Saúde da População Rural, Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde

Abstract

Introdução e Objetivo: This study aimed to evaluate the use of information and communication technologies (ICT) for health professionals.

Material e Método: It was a cross-sectional study in which questionnaires were applied to health professionals of Family Health Strategy of four municipalities of Ceará linked to a private university by rural internship.

Resultados: A sample of 72 nurses, dentists and doctors answered the form. Most professionals use different technological resources for personal and professional activities. The mobile phone is the most common form of ICT used in professional practice (61 %). The recreational use of the Internet (96 %) is higher than as part of daily clinical practice (37 %), either email (90 % versus 38 % ). Only a few (17 %) have Internet access at work and the majority (60 %) have to travel at least 30 minutes to have Internet access. Those who have Internet access at work, 91 % use it for self-learning and teaching activities.

Conclusões: Our data support the idea that only the access to technological resources is not enough. Mobile devices seem to offer advantage of accessibility for this group.

Keywords: Telemedicine, Rural Health, Health Sciences, Technology and Innovation Management

Telemedicina como Ferramenta de Ensino no Cuidado ao Paciente Queimado

Alcir Escocia Dorigatti
Flavio Nadruz Novaes
Bruno Monteiro Tavares Pereira
Mateus de Paula Solino
Antonio Carlos da Silva II
Armando Carlos Franco de Godoy
Gustavo Pereira Fraga

DOI: 10.12957/jbrastele.2014.10234

Resumo

Introdução e Objetivo: No contexto da saúde e educação médica, o cuidado ao paciente queimado ocupa uma pequena carga horária na formação. Avaliar os conhecimentos no cuidado do paciente queimado e validar o uso da telemedicina como instrumento de propagação destes conhecimentos.

Material e Método: Aplicou-se dois questionários iguais com 10 questões, online, via SurveyMonkey, antes e após curso com 8 aulas de uma hora de duração cada, presencial ou via videoconferência. Ao final do curso uma prova online com 36 questões foi realizada.

Resultados: Aplicou-se dois questionários iguais com 10 questões, online, via SurveyMonkey, antes e após curso com 8 aulas de uma hora de duração cada, presencial ou via videoconferência. Ao final do curso uma prova online com 36 questões foi realizada.

Conclusões: A realização de palestras via telemedicina é ferramenta útil na propagação dos conceitos no cuidado a saúde.

Palavras-chaves: Queimaduras, Educação continuada, Telemedicina

Abstract

Introdução e Objetivo: In the context of health care and medical education, burned patient’s care takes a small workload in training. To assess the knowledge in burn care and to validate the use of telemedicine as a tool to spread this knowledge.

Material e Método: Two identical questionnaires were provided with 10 questions online via SurveyMonkey before and after an 8 lessons course with one hour each, live or through videoconference. At the end of the course an online test with 36 questions was conducted.

Resultados: A total of 215 people attended the free-of-charge course. 53% students, 23% nurses, 9% technicians and 6% residents. Of these, 39% participated in some extent to the care of burned patients and 22% have attended training courses in the past. Of the 69 who completed the course, 68.1% attended in person, while 31.9% through telemedicine. In the test performed before the course, the average rate was 56.6 % correct and after the course 84.8%. The final score of the course for those who have completed was 8.6 (out of 10).

Conclusões: Lectures through telemedicine are a useful tool in spreading the concepts in health care.

Keywords: Burns, Continuing Education, Telemedicine


Relatos de Experiências

O Grupo Especial de Interesse em Educação Médica como Estratégia Facilitadora da Aprendizagem Colaborativa à Distância para os Profissionais de Saúde

José Diniz Junior
Mônica Fernandes Bertim
Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim
Rosiane Viana Zuza Diniz

DOI: 10.12957/jbrastele.2014.10235

Resumo

Este artigo apresenta o êxito da implementação do grupo de interesse especial em educação médica que promoveu 37 atividades colaborativas para aprimoramento de processo de ensinoaprendizagem no Sistema Único de Saúde, com a participação de 34 palestrantes de 16 instituições de ensino superior. Esta iniciativa representa atualmente uma estratégia nacional exitosa de desenvolvimento docente para o ensino na saúde.

Palavras-chaves: Telessaúde, Educação Médica, Educação a Distância

Abstract

This paper presents the successful implementation of the special interest group on medical education that promoted 37 collaborative activities for improvement of teaching-learning experiences in the Health System, with participation of 34 speakers from 16 different higher education institutions. This innovative initiative is currently a successful national strategy to developed teachers and healthcare providers for health education.

Keywords: Telemedicine, Medical Education, Distance Learning

Novo Modelo de Teletriagem das Cardiopatias Congênitas

Lúcia Roberta Didier Nunes Moser
Tereza Cristina Pinheiro Diogenes
Vanessa Oliveira Pacífico de Souza
Alyne Ranaci Florêncio de Oliveira
Felipe Alves Mourato
Sandra da Silva Mattos

DOI: 10.12957/jbrastele.2014.10236

Resumo

Um modelo de triagem das cardiopatias congênitas foi criado associando a telemedicina com a captação de imagens ecocardiográficas básicas por neonatologistas. Foi baseado num treinamento presencial e na orientação dos casos via internet. Esse modelo é viável, desde que sob tutela de um cardiologista pediátrico, pois reduz custos e distâncias no contexto do diagnóstico das cardiopatias congênitas.

Palavras-chaves: Telemedicina, Ecocardiografia, Triagem neonatal, Cardiopatias congênitas

Abstract

A "tele-screening" model for CHD was developed using telemedicine coupled with online training of neonatologists on the acquisition of basic cardiac views. An initial live training session was provided and subsequently the examinations were oriented online. Under cardiology supervision, the tele-screening model proved to be reliable as it reduced cost and distances in the context of congenital heart disease.

Keywords: Telemedicine, Neonatal screening, Congenital heart defects, Echocardiography